5 Mitos sobre as redes sociais

Escrito em 25.07.2016 • Por João Alves • Em Blog, Redes sociais
373 leitura(s)

5 Mitos sobre as redes sociais

Escrito em 25.07.2016 • Por João Alves • Em Blog, Redes sociais
373 leitura(s)

Nos tempos que correm são poucas ou nenhumas, as empresas que não marcam presença nas redes sociais, mesmo que não publiquem conteúdo com regularidade. As redes sociais são os “locais” onde está toda a gente. Estas são sem sombra de dúvida um grande aliado das empresas, pois permitem que tenham uma relação mais direta com o seu público, na hora de disseminar o conteúdo produzido.

As redes sociais são muito vantajosas para as empresas, contudo ainda existem alguns mitos associados às redes sociais, que ainda causam alguma confusão aos profissionais. No artigo de hoje, iremos dar-lhe a conhecer alguns desses mitos.

1 – O NÚMERO DE SEGUIDORES É O MAIS IMPORTANTE

iman a puxar diversas pessoasEsta é a métrica a que grande parte dos profissionais dá mais importância, mesmo não sendo a mais importante. No entanto apesar de não ser a principal métrica, não deixa de ter a sua importância.

O número de seguidores é importante, na medida em que a sua empresa tem alcance e pode influenciar o cliente, na hora de tomar uma decisão.

O que mais importa saber é quais são os seguidores que têm influência nos outros, quais podem ser potencias clientes

Para compreender de melhor forma quem o segue, sugerimos que crie uma “persona” (uma pessoa fictícia que têm características que se aproximam do público alvo da empresa). Deve então começar a criar conteúdo direcionado para essa “persona”.

2 – O SEU PÚBLICO-ALVO NÃO ESTÁ NAS REDES SOCIAIS.

Não há anda mais de errado que este pensamento. O seu público pode ser difícil de alcançar, mas que eles estão presentes, lá isso estão, se não acredita veja os seguintes dados: O Facebook, por exemplo, tem mais de 1,59 mil milhões utilizadores ativos por mês, o Youtube tem mais de mil milhões de utilizadores, já o Instagram conta com mais de 400 milhões de pessoas, no Twitter existem 300 milhões de utilizadores e o Linkedin conta com 414 milhões de utilizadores.
Todas estas redes aumentam cada vez mais o número de utilizadores, a cada dia que passa. Ainda continua a creditar que o seu público-alvo não está presente nas redes sociais?

3 – UTILIZAR O MÁXIMO DE #HASTAGS POSSÍVEIS

pessoa irritada com a quantidade de hashtags
A utilização de hashtags (#), nas redes sociais é uma prática essencial nas redes sociais. Seja comedido na hora de usar as hashtags.
O segredo para se alcançar mais pessoas através das hastags é “quanto menos melhor”. Escolha entre duas a três hashtags fortes, que funcionem como filtro. No caso de utilizar muitas, mais que 10 é péssimo, a sua publicação corre o risco de não ser levada a serio, pois são confundidas com spam, sendo que também não são esteticamente apelativas.

4- DEVO QUE ESTAR PRESENTE EM TODAS AS REDES SOCIAIS

Não interessa em nada estar presente em todas as redes sociais. Cada rede social, tem a sua particularidade, a sua forma de comunicar, escolha entre duas a três redes que mais se adequam para o seu negócio e foque-se apenas nessa. Qual é o interesse em estar em todas as redes e depois não conseguir manter contacto com o seu público?
A escolha das redes sociais a estar presente, depende em muito do seu produto/serviço, do público a atingir, bem como da forma como pretende comunicar.

5 – PARTILHAR DEMASIADO CONTEÚDO

Este é outro dos erros mais comuns a verificar-se nas redes sociais.
Embora exista quem pense, “quanto mais partilhar mais pessoas vou alcançar”, na realidade está a cair em erro. Tenha em conta que existem dois tipos de “feed de noticias”, um apresenta os posts mais recentes (Instagram e Twitter) e o outro é atualizado com base na relevância do conteúdo (Facebook).

No primeiro feed, se partilhar conteúdo de forma excessiva irá fazer com que os seus fãs fiquem saturados. Lá porque seguem a sua página, não quer dizer que estejam disponíveis para serem “bombardeados” com conteúdo da sua empresa, durante todo o dia. O que importa é focar-se na qualidade dos post’s de forma a aumentar a interação com o publico, atingindo mais pessoas.

No segundo caso, não vale a pena estar a publicar com muita frequência, pois o critério utilizado para aparecer no feed dos seguidores é a relevância. Por exemplo no Facebook, as publicações aparem no mural dos seguidores, tendo em conta as suas preferências. Quanto mais “gostos” faz nos posts de uma página, maior são as hipóteses de voltar a ver publicações futuras da sua página.

6 – APAGAR OS COMENTÁRIOS NEGATIVOS

NÃO FAÇA ISSO! Apagar um comentário negativo é a pior decisão que pode tomar, podendo ter um resultado muito pior. O ideal é que os mesmos nunca existam, mas no caso de lhe fazerem uma critica negativa, aceite-a e responda sempre da melhor forma possível.

Estes são alguns dos mitos mais falado por toda a internet, mas certamente existem mais. Conhece algum que ficou por contar? Partilhe connosco


A sua empresa têm uma página de Facebook, mas não tem tempo para geri-la. Contacte-nos. Fale connosco e fique a conhecer o nosso serviço de gestão de rede socais.

pessoas já gostaram

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.